13 outubro 2011

1848's revolutions and the Arab Spring


O artigo de Jonathan Steinber (na revista Foreign Affairs, setembro de 2011) é muito elucidativo a respeito das revoluções de 1848, mas é exageradamente e eurocêntrico sobre a Primavera Árabe. Pode-se também dizer, para EUA e Europa, o mesmo que ele diz para os árabes: neste momento, não há final feliz no horizonte. Mas e daí? Antes de fazer previsões sobre como isso tudo vai acabar, seria melhor entender o que está de fato acontecendo Jonathan Steinberg's article (Foreign Affairs, september 2011) is very clear and informative about 1848's revolutions, but it's too pessimistic and eurocentric about the Arab Spring. We could also say: for USA and Europe, there is no happy endind on the horizon too. So what? Before forecasting the end, we have to better understand what's going on






Siga o blog e receba postagens atualizadas. Clique na opção "seguir", ao lado.