23 abril 2017

Rastafari

Não é um tipo de cabelo.
É um movimento de motivação política e religiosa. 
Seu nome é inspirado em uma pessoa: o etíope Ras Tafari, que se tornou rei e se julgava divino. 

Sua coroação foi considerada na Jamaica o cumprimento de uma profecia de que Deus havia encarnado em um rei de uma terra prometida. 
Esta terra, para a qual os negros jamaicanos deveriam emigrar, era a Etiópia. 
Pelo que consta, o rei não fumava maconha e nem usava longos cabelos com os chamados dreadlocks. 


Leia mais em matéria da BBC Brasil: