29 maio 2013

'Inflação é primordialmente um fenômeno político', diz historiador britânico

Niall Ferguson refuta o liberalismo monetarista de que a inflação é um fenômeno eminentemente monetário, conforme acreditava o economista Milton Friedman (1912-2006). 

Historiador, no entanto, é um conservador. Fez recentemente comentários homofóbicos contra Keynes (leia matéria da Forbes) e é um crítico da administração de Barack Obama.

Abaixo, matéria da Folha, que promove o livro de Ferguson:
___________________

A inflação sempre e em toda a parte é um fenômeno monetário, dizia o economista Milton Friedman (1912-2006). Para o historiador britânico Niall Ferguson, a máxima do teórico do liberalismo deixa questões pendentes. Para ele, falta responder por qual razão e quem cria o dinheiro.

"Na prática, a inflação é primordialmente um fenômeno político", escreve em "A Grande Degeneração". "Para explicar, uma abordagem estritamente econômica não é suficiente".
Segundo ele, "sua probabilidade depende de fatores como o tipo de educação da elite; a competição (ou carência de) em uma economia; o caráter do sistema judiciário; os níveis de violência; e o próprio processo de decisões políticas".
Divulgação
Historiador Niall Ferguson revela algumas das possíveis causas dessa degeneração
Ferguson revela algumas das causas dessa degeneração
Com base em palestras de Ferguson para a BBC, "A Grande Degeneração" apresenta sintomas da fragilidade ocidental e fatores comuns a uma civilização que entra em declínio, como crescimento lento da economia, dívidas altas, fragilidade das leis, população cada vez mais velha e comportamento antissocial.
O autor concorda com Charles Ferguson ao citar a diminuição da mobilidade social dos EUA como um reflexo da decadência.
Acadêmico especializado na história financeira e econômica, Ferguson também assina "Civilização", "A Lógica do Dinheiro", "Império: Como os Britânicos Fizeram o Mundo Moderno", "A Ascensão do Dinheiro" e "Colosso".
Com o subtítulo "A Decadência do Mundo Ocidental", o livro foi publicado no Brasil pela editora Planeta e traduzido por Janaína Marcoantonio.

"A Grande Degeneração: A Decadência do Mundo Ocidental"
Autor: Niall Ferguson
Editora: Planeta
Páginas: 128
Quanto: R$ 19,90 (preço promocional da Livraria da Folha).

 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.