08 maio 2013

Brasil vence disputa pelo alto comando da principal organização de negociação do comércio internacional

Venceu sem o apoio dos Estados Unidos e da União Europeia, que apoiaram o candidato mexicano.
O diplomata Roberto Azevêdo, de 55 anos, vai comandar a Organização Mundial do Comércio a partir de setembro (OMC).
Sua eleição é um reflexo da política externa iniciada pelo presidente Lula, que mudou o eixo da inserção internacional do Brasil e passou a dar mais atenção ao Mercosul, aos países emergentes e países pobres. A eleição só foi garantida com os votos em peso da África, do Oriente Médio, Ásia e a maioria dos países da América Latina.



 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.