24 junho 2012

Impasse no Mercosul

Problema paraguaio tem data marcada para ter definida a posição do bloco: quarta-feira, 27/6.

Está prevista para este dia reunião dos chefes de Estado na qual seria feita a passagem da Presidência pro tempore ao Paraguai.

Mas, e agora?  Os presidentes dos países do bloco (Dilma Rousseff , Pepe Mujica e Cristina Kirchner) estão diante do impasse.


Cristina Kirchner já declarou que 'Argentina no va a convalidar el golpe de Estado en Paraguay' e no sábado decidiu chamar seu embaixador em Assunção. É ela quem lidera o "rechaço regional" à derrubada de Lugo.

A matéria é do portal Carta Maior, domingo/24/06/2012.


 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.