07 maio 2012

Tempo é dinheiro

Por isso o governo tem pressa em implementar o novo regime de previdência privada para os servidores públicos, antes mesmo do prazo previsto em lei (180 dias, conforme a lei 12.618/2012).

 
A Lei nº 12.618/12 tem até 180 dias (contados a partir de 2 de maio, data da sua publicação no Diário Oficial da União) para entrar em vigor.

O Ministério da Previdência estima um déficit de R$ 60 bilhões anuais com aposentadorias do setor público. A tendência era de crescimento de 10% ao ano, antes do Funpresp.
 
Entenda a Funpresp - A Funpresp limita as aposentadorias dos servidores públicos federais até o teto do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) – hoje fixado em R$ 3.916,20 – como acontece com os trabalhadores da iniciativa privada. 
O governo defende que isso assegura o equilíbrio do sistema previdenciário da União no médio e longo prazo e garante tratamento igual entre trabalhadores do setor público e privado.
O novo sistema previdenciário diminui a tendência de longo prazo de pressão do custeio com previdência dos servidores.

Com base em informações do Blog da Previdencia, 2 de maio de 2012 



 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.