28 abril 2012

Cresceu muito o número de pessoas com curso superior

Percentual de pessoas com curso superior completo subiu de 4,4% para 7,9%.
O crescimento é grande, mas o percentual ainda é baixo, comparado a países mais desenvolvidos.
  • Na análise da população de 10 anos ou mais por nível de instrução, de 2000 para 2010, o percentual de pessoas sem instrução ou com o fundamental incompleto caiu de 65,1% para 50,2%, enquanto o de pessoas com pelo menos o curso superior completo aumentou de 4,4% para 7,9%.
  • Houve avanços em todas as grandes regiões. 
  • No Sudeste, o percentual de pessoas sem instrução ou com o fundamental incompleto caiu de 58,5% para 44,8%, e o das pessoas com pelo menos o superior completo subiu de 6,0% para 10,0%.
  • No outro extremo, estavam a Região Norte (de 72,6% para 56,5% e de 1,9% para 4,7%, respectivamente) e a Nordeste (de 75,9% para 59,1% e de 2,3% para 4,7%).
  • O Distrito Federal deteve o mais alto nível de instrução em 2010, com o menor percentual de pessoas sem instrução ou com o fundamental incompleto (34,9%) e o maior de pessoas com pelo menos o superior completo (17,6%). 
  • Em seguida, vieram São Paulo, com 41,9% e 11,7%, e Rio de Janeiro, com 41,5% e 10,9%, respectivamente.


Fonte: IBGE.
 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.