09 abril 2012

"Chantagem", "golpe"

São nesses termos que  estão as discussões sobre reforma política na Câmara dos Deputados.

Relator da reforma naquela Casa, deputado Henrique Fontana, acusou deputado Eduardo Cunha, do PMDB, de “chantagem”.  Cunha retribuiu acusando Fontana de planejar “golpe”.

Ponto principal do relatório de Fontana é o financiamento exclusivamente público das campanhas eleitorais.

Informações da Agência Câmara.
 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.