30 dezembro 2015

Cutucando onças com varas curtas


A análise de André Singer  sobre "o ensaio desenvolvimentista no primeiro mandato de Dilma Rousseff (2011-2014)".

A guerra desenvolvimentista: 

"De 2011 a 2012, em iniciativa de audácia inesperada, os desenvolvimentistas invadiram a cidadela sagrada das decisões monetárias e avançaram aos saltos, pressionando instituições privadas para reduzirem os próprios ganhos, com o apoio das divisões pesadas dos bancos públicos e de ousada mudança nas regras da poupança."

Leia o artigo completo em NOVOS ESTUDOS 102, julho de 2015.




O Brasil precisa de uma opinião pública melhor informada, atenta e democrática. Ou será um país de Estado ineficiente, capturado por interesses escusos, com governos fracos, oposição golpista, imprensa hipócrita e pessoas egoístas e intolerantes.



 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.