30 março 2015

Extrema direita cresce, envenena debate político e coloca em xeque avanços democráticos e dos direitos humanos

Quem acha o golpismo pequeno e o extremismo minúsculo se esquece de que eles jamais precisaram de maioria para prevalecer.







O desrespeito ao voto, ao devido processo legal e aos direitos humanos não é algo normal, não é nada democrático e está longe de ser inofensivo. Merece o mais ferrenho combate com as armas da crítica, antes que essa seja ameaçada pela crítica das armas.



Leia o artigo completo

 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.