18 novembro 2014

O capitalismo não tolera limites

Uma visão didática, dialética e repleta de bom humor a partir de uma palestra de David Harvey, considerado um dos maiores pensadores marxistas da atualidade.
O vídeo sobrepõe à fala de Harvey uma animação feita pelo pessoal da RSA Animate.

O vídeo tem a opção de ativar legenda em Inglês (canto inferior direito, "Legendas/CC")). 
É preciso passar o "mouse" sobre o vídeo já em andamento.


David Harvey é Distinguished Professor at The Graduate Center, CUNY


O vídeo mostra como as contradições internas inerentes à acumulação de capital.
Mostra que as crises cumprem um papel decisivo em toda a história do capitalismo e elas são recorrentes, mas com características distintas a cada momento.


Qual a característica peculiar desta crise?
Harvey lembra que Marx dizia, desde os "Grundrisse" ("Grundrisse der kritik der politischen ökonomie - "Elementos fundamentais para a crítica da economia política"), que o capitalismo não tem limites; ele não tolera limites.  
Se você impõe uma barreira, ele arranja um contorno, um desvio, e o transcende. 

A história do capitalismo é o tempo todo uma história de inovações financeiras. A cada reinvenção das finanças, o que acontece é que os financistas se tornam mais e mais poderosos e gananciosos.

Não é algo que se resolva em uma campanha eleitoral, em um único país.

Por isso, o mais importante agora é mudar a forma como entendemos essa crise.

Leia também A globalização da revolta.


Siga o blog e receba postagens atualizadas. Clique na opção "seguir", ao lado.