09 novembro 2014

De cada 4 empresas citadas no escândalo do trensalão tucano, 3 doaram para a campanha de Alckmin em 2014



Enquanto isso, o ministro do Supremo, Gilmar Mendes, atrasa a homologação da decisão em que a maioria do Supremo Tribunal Federal considerou inconstitucional o "patrocínio" empresarial a candidatos.

Leia e assine a petição online.





 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.