25 agosto 2014

Vargas suicidado

Em 24 de agosto de 1954, um tiro disparado contra o peito do presidente Getúlio Vargas tiraria sua vida e incendiaria o país.
 


Tratado como criminoso, temia ser preso ou ver na cadeia seu filho, Lutero Vargas.

Com o suicídio, Vargas transformou-se de algoz em vítima e acusou seus adversários de tramarem contra o País.




Na imagem, o pijama que Vargas usava quando suicidou-se. Em frente, o revólver e a bala que o matou, no Palácio do Catete.

Mais sobre Getúlio Vargas: biografia, estudos sobre sua presidência, vídeos, áudios e fotos.




 
Para seguir o blog e receber postagens atualizadas, use a opção "seguir", ao lado.