20 junho 2011

O perigoso charme do supremo

"A agenda mais importante do país vem sendo discutida pelo Supremo Tribunal Federal".

"Temas como liberdades individuais, organização do sistema político e regras definidoras das políticas públicas agora são centrais na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF). Nada de errado, a princípio, pois a Corte Constitucional de um país democrático é um lugar privilegiado do jogo político, como nos EUA e na Alemanha. O problema é que a maior repercussão política do Supremo ocorre sob o silêncio dos partidos em relação às questões mais estruturais do país".

Artigo do professor Fernando Abrúcio.
Fonte: Revista Época, extraído do site do CNJ.





Siga o blog e receba postagens atualizadas. Clique na opção "seguir", ao lado.